O Concelho de Melgaço, integrado no distrito de Viana do Castelo, no extremo Norte de Portugal, em pleno Alto Minho, estende-se desde o rio Minho até às serras da Peneda e do Soajo.

Escola Básica e Secundária de Melgaço

Ocupa uma superfície de 232 quilómetros quadrados, dividida por dezoito freguesias, a saber: Alvaredo, Castro Laboreiro, Chaviães, Cousso, Cristóval, Cubalhão, Fiães, Gave, Lamas de Mouro, Paços, Paderne, Parada do Monte, Penso, Prado, Remoães, Roussas, S. Paio e Vila. Demarcado pelos rios Minho, Trancoso, Castro Laboreiro e Mouro, confronta com Arcos de Valdevez (em plena serra da Peneda), Monção e com os Concelhos galegos de Entrimo, Verea, Lobera, Quintel de Leirado, Padrenda e Creciente.

Escola Básica da Vila

A Vila dista 96 Km de Viana do Castelo, cerca de 100 Km de Braga e 160 Km do Porto. A cidade galega de Orense fica-lhe a 60 Km. Facilitando as ligações, privilegiadas, com a vizinha Galiza, Melgaço conta com três fronteiras: a principal, a de S. Gregório, a cerca de nove quilómetros da Vila, junto à povoação galega de Puente Barjas; a da Ameijoeira, na zona montanhosa da freguesia de Castro Laboreiro, ligando a Entrimo; e a de S. Marcos, no lugar de Peso (Paderne), ligando à povoação de Arbo, na Galiza, através da ponte internacional.

Escola EB1/JI de Pomares

O Agrupamento de Escolas de Melgaço foi criado no ano letivo 2002/2003, resultando de um processo de reorganização escolar. É constituído por 3 estabelecimentos de educação/ensino não superior: a Escola Básica e Secundária de Melgaço (escola sede), a Escola Básica da Vila e a EB1/JI de Pomares. Estas funcionam em centros escolares, com instalações e equipamentos considerados adequados e apropriados para o desenvolvimento da prática pedagógica e atividades lúdicas de recreio. Dispõem de instalações desportivas (pavilhões gimnodesportivos), refeitórios, bibliotecas escolares, estão apetrechadas com vários equipamentos tecnológicos e informáticos, possuem acesso à Internet (ligação de banda larga) e têm diferentes espaços verdes.

Fonte: PE