TEATRALIZAÇÃO DO SERMÃO DE SANTO ANTÓNIO AOS PEIXES


Na manhã do último dia de aulas do primeiro período (16 de dezembro de 2016), na igreja do Convento das Carvalhiças, os professores de português do Ensino Secundário, Amado Fernandes e Vitor Rodrigues, planificaram e organizaram a atividade “Teatralização do Sermão de Santo António aos Peixes”. Esta atividade envolveu os alunos e professores daquele nível de ensino.

Foi convidada a companhia de teatro Lafontana - Formas Animadas, que adaptou um dos mais famosos textos da oratória sagrada portuguesa, o Sermão de Santo António aos Peixes, do Padre António Vieira.

Com este espetáculo procurou-se celebrar o quarto centenário do nascimento do maior e mais surpreendente escritor barroco português, o Padre António Vieira: viajante incansável, campeão inigualável do verbo, personagem apaixonante pela sua tenacidade, simultaneamente sublime e ambíguo, amante inveterado da pátria que tão mal, afinal lhe pagaria, como ele aliás deixou escrito.

 Além disso proporcionou-se aos alunos uma melhor preparação para os exames nacionais de português do 12.º ano mostrando-lhe a ação religiosa, política e social deste nosso grande escritor-pregador seiscentista que, já nessa altura, denunciava os vícios dos seus contemporâneos, defendia a alforria dos índios brasileiros que o tratavam por Payassu (o Pai Grande), e fazia a apologia de conceitos modernos, pragmáticos, saídos da Europa renascentista, como solução para tirar Portugal do atraso endémico em que se encontrava.

No final do espetáculo não resultou difícil sentir a surpresa, a satisfação e o reconhecimento dos alunos e dos professores.

 

Amado Fernandes. 


Atividade recente